“Comemoração do Dia da Europa”, “Interculturalidade” e “A escola abraça a família”

"Dia da Europa", "Interculturalidade" e "A Escola abraça a Família"

Ontem, dia 9 de maio, a nossa escola promoveu a articulação de três atividades: “Comemoração do Dia da Europa”, “Interculturalidade” e “A escola abraça a família”, sob o lema: “Todos diferentes, todos iguais e especiais” que tem como principal objetivo a inclusão dos alunos e famílias, das várias nacionalidades, existentes no nosso agrupamento de escolas.
Enquanto escola inclusiva, acreditamos que é na diversidade das nossas origens que encontramos a riqueza do nosso presente e a promessa de um futuro melhor. Integrar plenamente os alunos imigrantes no nosso agrupamento é abrir as portas para um mundo de oportunidades, aprendendo uns com os outros e construindo juntos um ambiente escolar verdadeiramente enriquecedor e inclusivo.
Foram elaboradas entrevistas aos alunos e famílias, das várias nacionalidades existentes na escola, e a ex-alunos residentes no estrangeiro, que podem ser consultadas na escola, através do QR Code.

A atividade contou com a participação/colaboração de alunos, ex alunos, encarregados de educação, assistentes operacionais, técnicos e docentes, na leitura de poemas em várias línguas, música, dança, performance “Por uma escola de qualidade, de todos, com todos e para todos”, exposições e degustação de comidas típicas das várias nacionalidades existentes no nosso agrupamento de escolas.

A escola também é família!

Exposição “As Marias na ciência”

Exposição "As Marias na ciência"

No dia 11 de fevereiro, comemorou-se o Dia mundial das mulheres e meninas na ciência e no dia 8 de março, o dia internacional da mulher.

O clube CCV – Entre Patrimónios decidiu celebrar estas datas, durante o segundo período, com os alunos do 3º ciclo, fazendo uma pesquisa e estudo sobre as mulheres que marcaram a sua posição mundial na ciência, na qual resultou a cronologia exposta no átrio principal da escola, juntamente muitas atividades na biblioteca. Convidam-se todos os membros da comunidade educativa a visitar esta nossa exposição.

Contratação de Pessoal Docente por Oferta de Escola

Nos termos do Decreto-Lei n.º 32-A/2023 de 8 de maio, na redação conferida pelo Albino José Teixeira Pinto, Diretor do Agrupamento de Escolas Tenente-Coronel Adão Carrapatoso, de Vila Nova de Foz Côa, informa que se encontra aberto procedimento concursal, por um período de três dias úteis, para recrutamento de um docente do grupo 110 – 1.º Ciclo do Ensino Básico.

O Diretor,

Albino Pinto

Ligação: Ver Oferta

Homenagem ao povo Ucraniano

Não podemos ficar indiferentes… 

No atual contexto, importa que se tome uma atitude perante aquilo que se está a passar na Ucrânia, um país soberano, independente e democrático, que se viu completamente desrespeitado por um líder político autocrático, que menosprezou a atitude de um verdadeiro líder político (Volodymyr Zelensky) o qual tem sido capaz de galvanizar todo um povo a acreditar que vale a pena lutar e dar a vida pela democracia, justiça, verdade e liberdade. Por outro lado, este ataque da Rússia à Ucrânia veio demonstrar que os países ocidentais e democráticos continuam fiéis à defesa dos valores democráticos que continuam a ser o maior baluarte dos direitos humanos.

Se ficarmos indiferentes às atrocidades que estão a acontecer, neste momento, na Ucrânia, podemos caminhar rapidamente para a destruição da europa que aprendemos a amar e que tantos ajudaram a construir! Importa mostrar às nossas crianças e jovens que os valores democráticos estão em causa! Importa reagirmos e manifestarmo-nos contra a decisão de um líder político que revela desrespeito pelos direitos humanos e pelo direito à autodeterminação de um povo, fundamentando a sua decisão na “história” que decidiu reescrever, de acordo com os seus interesses.

Provavelmente, todos iremos sofrer as consequências da nossa solidariedade com o povo ucraniano, mas esta é uma guerra que também é nossa e pela qual temos de “lutar”! Os princípios e os valores europeus da democracia, igualdade, justiça e liberdade que tanto incomodam os líderes autocráticos, têm de ser defendidos. A indiferença é o melhor caminho para o abismo…

Deste modo, desafiamos toda a comunidade educativa a fazer uma homenagem ao povo ucraniano que, neste momento, se encontra a sofrer os horrores de uma guerra que não quiseram, mas da qual, corajosamente, não fugiram!

Assim, hoje, dia 3 de março de 2022 (Quinta-feira)pelas 12 horas, no recinto escolar das três escolas do agrupamento, os alunos, educadores, professores e funcionários, estão convidados a demonstrarem a sua solidariedade com o povo ucraniano, formando a frase: TODOS PELA UCRÂNIA E PELA “PAZ” “PEACE” “МИР” “PAX », enquanto se faz 1 minuto de silêncio.

A comunidade ucraniana residente em Vila Nova de Foz Côa também estará presente nesta homenagem, bem como os representantes dos encarregados de educação e representantes das principais instituições do concelho de Vila Nova de Foz Côa.

O Diretor do Agrupamento,

Albino Pinto